Dicas para desacelerar e aliviar o estresse – Flora Vie
(19) 3454 .8862 atendimento@annaflora.com.br
Blog Flora Vie 27

Dicas para desacelerar e aliviar o estresse

Quando você acorda de manhã, já se sente estressada antes de sair da cama? O seu dia é muito corrido e você tem a impressão de que nunca descansa? Algumas práticas te ajudam a se sentir melhor, ter qualidade no sono e ainda realizar suas tarefas mais importantes.

1) Pratique Mindfulness

Mindfulness significa estar presente. Quando você se sentir estressada, mude sua atenção para o que está acontecendo no momento. Observe e ouça seu ambiente, desacelere e sinta seu corpo. Para levar isso um passo adiante, acesse e pesquise meditações de mindfulness. Apenas alguns minutos desta prática, podem mudar a dinâmica do seu dia.

2) Elimine o Desnecessário

Sempre que se sentir sobrecarregada, dê uma boa olhada na sua lista de tarefas. Se você for honesta consigo mesma, descobrirá que muitas coisas realmente não precisam ser feitas na hora ou somente por você, delegue! Seja qual for o tempo que liberar, use-o para fazer algo que irá restaurá-la e reduzir o estresse, como dar um passeio ou sentar e relaxar com uma xícara de chá.

3) Crie uma rotina de desaceleração

Se tiver dificuldade em adormecer à noite, pode ser que você não esteja fazendo a transição adequada do seu dia atarefado, para a hora de dormir. Crie uma rotina de descanso para si mesmo, como fazer tomar um banho demorado e relaxante. Use os produtos da linha Relax, que possuem ativos naturais e óleo essencial de lavanda, além de cuidar da mente e corpo ainda deixa um cheirinho maravilhoso. Meia hora antes de dormir, apague as luzes e desligue a televisão e definitivamente, esqueça o celular.

Pratique estas dicas e sobretudo, tenha tempo para você durante o dia. Você vai se sentir muito melhor e vai conseguir relaxar. Afinal “o segredo da saúde mental e corporal está em não se lamentar pelo passado, não se preocupar com o futuro, nem se adiantar aos problemas, mas viver sábia e seriamente o presente.” Buda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *